Mindfulness

O termo Minfulness pode ser explicado como um estado ativo de atenção ao momento presente. Quando você está “Mindful” você observa seus pensamentos e emoções com uma certa distância, sem julgá-los. Ao invés de deixar a vida passar por você sem consciência, Mindfulness significa viver o momento estando atento à experiência (situação, sentidos, emoções, etc). A prática é evidenciada em extensa produção científica, demonstrando sua efetividade principalmente na área da saúde. O cultivo da prática envolve intenção, tratando-se de um processo que se desenrola com o treino.

Estudos de Mindfulness evidenciam que praticantes se mostram mais satisfeitos do que a média das pessoas que não praticam. Estudos mostraram que ansiedade, depressão e irritabilidade podem se modificar com a prática regular além de fortalecer o sistema imunológico, ajudando a combater gripes e resfriados (Williams e Penman, 2015). Na última década, outros estudos mostram benefícios para o Déficit de Atenção e Hiperatividade, dores crônicas, no combate das compulsões, e muitos outros.

A vantagem do treinamento de Mindfulness é que você pode praticar em situações do cotidiano como ouvir música, ao se alimentar ou tomar banho. Por isso utilizamos o termo Mindfulness como estilo de vida. A prática de mindfulness passou a fazer parte da medicina comportamental a partir dos programas de redução de estresse de Kabat-Zinn (1982). O conceito, cuja origem está nas práticas orientais de meditação (Hanh, 1976), despertou, logo no início dos anos de 90, o interesse de clínicos fora da área da medicina comportamental.